Segunda-feira, Janeiro 18, 2021
Motores

Miguel Oliveira: “Em MotoGP a estratégia do piloto faz a diferença, mais do que na Fórmula 1”

147views

Miguel Oliveira contou como foi vencer às motas de fábrica e falou ainda das diferenças entre MotoGP e as restantes categorias do mundial.

Em entrevista à Rádio Comercial, Miguel Oliveira explicou, esta sexta-feira de manhã, que as motas de MotoGP não são iguais e contou como foi vencer com uma satélite.

“Hoje em dia, apesar de as motas estarem cada vez mais próximas umas das outras, há muita diferença. A filosofia de construção é diferente. O chassis, o motor,… A estratégia do piloto faz diferença, muito mais do que na Fórmula 1. Mesmo dentro da KTM há diferença entra a minha mota e a de fábrica”, disse.

“Ao nível de material as motas são as mesmas, mas ao nível humano a KTM factory tem mais gente, a equipa são umas 50 pessoas, enquanto que nós somos 35”, acrescentou.

Quando questionado se tinha sido bom ganhar a uma mota de fábrica, Miguel Oliveira admitiu: “Deu um certo gozo porque não se espera que seja esta equipa a ganhar”, reconheceu.

O piloto português acabou por explicar ainda quais as diferenças entre competir no MotoGP ou em Moto2 ou Moto3: “No MotoGP temos muito mais ferramentas para trabalhar, temos um engenheiro perto de nós, vamos à fábrica dar feedback da mota. Já falei com quem desenha o chassis, a comunicação é muito direta e é isso que gosto na KTM, não temos intermediários. A KTM chegou, investiu, viu o potencial e venceu”, finalizou.

Recorde-se que na próxima temporada vai competir pela KTM Factory.

Fonte: O jogo.pt

Leave a Response