Segunda-feira, Janeiro 25, 2021
DesportoMotoresNacional

Paulo Oliveira ataca para se qualificar ao Rali Dakar

79views

Pela primeira vez um moçambicano pode se qualificarpara um dos ralis mais importantes e emblemáticos do mundo- o Rali Dakar 2021- que se realizará no deserto da Arábia Saudita, no Médio Oriente.

Paulo Oliveira é o nome do piloto moçambicano que pode colocar a bandeira nacional no rali mais longo do mundo,e para atingir esse feito participará do Rali da Andaluzia, na Espanha, que serve de qualificação ao Rali Dakar.

Na hora da partida do território nacional para Espanha, Oliveira levou na bagagem, entre outras coisas, uma dose de confiança na qualificação que, a acontecer, entra directamente para os anais da história do desporto moçambicano.

“Estamos na partida hoje para a participação no Rali da Andaluzia que está inserido no Dakar series. O nosso objectivo na prova é fazermos a qualificação para o grande Rali Dakar da Arábia Saudita, como sabem, é a maior competição do mundo de todo o terreno e onde Moçambique nunca esteve presente. Nós vamos para tentar fazer a qualificação” disse o piloto no Aeroporto Internacional de Maputo.

Apesar da confiança, Oliveira salientou que em Moçambique há dificuldades de praticar rali por falta de competição interna.

“A confiança está elevada agora é necessário estarmos em competição para percebermos como estão os nossos níveiscomparando com os nossos concorrentes. Temos algumas dificuldades de treino em Moçambique porque nós não temos campeonato nacional cá. Temos feito alguns estágios no estrangeiro” afirmou Paulo Oliveira. 

A participação do piloto moçambicano no Rali da Andaluzia conta com patrocino de algumas instituições como as Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) e o Grupo Intelec.

O Presidente do Conselho de Administração do Intelec, Salimo Abdula, espera que a participação do atleta nas eliminatórias para o Rali Dakar ajude a projectar a imagem da empresa e do país.

“Para a Intelec é com particular honra que participamos no apoio a este piloto Paulo Oliveira. Primeiro porque caracterizamos o Paulo Oliveira como uma pessoa persistente, consistente e batalhadora para aquilo que quer. Ao carregar a bandeira moçambicana aliciou logo a Intelec para apoiar porque será pela primeira vez que vamos aparecer como país num torneio internacional”disse Salino Abdula.

As Linhas Aéreas de Moçambique estão a apoiar a equipa e o piloto Paulo Oliveira do ponto de vista logístico na sua participação no Rali da Andaluzia, segundo fez saber o Director-geral da companhia aérea, João pó. 

“Desejamos todo sucesso. Estamos todos muito orgulhosos de terem escolhido a LAM para transportar. A LAM está a dar todo apoio e todo suporte possível para facilitar que isso aconteça de uma maneira confortável. Quando houver mais actividades e mais participaçãoestejamos lá onde for possível. Queremos fazer tudo que for possível para ajudar na divulgação do desporto e para ajudar dessas conquistas são tão importantes para nós e para o país” disse o representante da LAM. 

Caso Paulo Oliveira consiga a qualificação ao rali, de 3 a 15 de Janeiro do próximo ano estará na Arábia Saudita a disputar o Rali Dakar

Leave a Response